MENSAGEM DE
BOAS VINDAS

Nas breves palavras de boas vindas à Casa do Pessoal do Politécnico de Viseu (CPPV) permitam-me enquanto presidente da direcção citar o primeiro verso do poema dedicado ao Infante D. Henrique, escrito por Fernando Pessoa no livro “Mensagem”:

Deus quer, o homem sonha, a obra nasce

Tal como o Infante unificou a terra pelas viagens marítimas das Descobertas, desejamos que a CPPV seja um porto seguro para agregar a família Politécnica. Para isso é necessário ir além do sonho, é necessário o querer e o efectuar.

Os primeiros passos do sonho concretizaram-se e, enquanto Direção da CPPV, estamos aqui com vontade de continuar este caminho e chegar mais além e mais alto. Para isso contamos com o compromisso e empenho de todos. Só será possível concretizar os objectivos na medida do envolvimento de cada um dos associados.

Apesar de vivermos uma situação excepcional relacionada com a pandemia, a qual condiciona a execução de algumas actividades, iremos planear ainda este ano de 2021 actividades sociais, culturais, recreativas e de bem-estar dos associados e família.

E porque não é proibido sonhar, porque não sonhar alto?
Não será de mais sonhar com instalações próprias (e espaço não falta no Campus Politécnico), onde existam múltiplas valências: serviços administrativos, espaço de convívio, partilha e lazer, serviço de bar/refeições, biblioteca, serviço de saúde, espaço de actividade/exercício físico, auditório/sala polivalente, espaço de ATL para filhos e netos da família Politécnica….

Esperamos que todos possam sentir a “Casa” como sua e colaborem no seu crescimento saudável e harmonioso.

Sejam bem-vindos à casa do Pessoal do Politécnico de Viseu.

O presidente da direcção
Daniel Silva